sexta-feira, 10 de maio de 2019

Sisudez Brilhante - corpo de água poesia heleno pinhal


sou árvore de natal
com bolas, fitas e cruzes
mil ideias de cristal
estou um génio cheio de luzes.

meus olhos rugem um quanto
e nas pálpebras exponho
foles jocosos de encanto
morre tédio és tristonho.

Sem comentários:

Publicar um comentário