sábado, 11 de maio de 2019

no planalto da vontade - tu sem mim não sou nada poesia heleno pinhal


rodeado de impulsos serenos
todo eu exercito estar
tenho o presente pra provar
como um presente mais que menos.

é este alimento que integra
a sanduíche de sentimento
que recheada bem por dentro
a fome mata, a mente alegra.

e nos limites da beleza
repleto de um grande poder
de parado ligo o mexer
para atingir a realeza.

Sem comentários:

Publicar um comentário