sábado, 11 de maio de 2019

amar o ser amado - tu sem mim não sou nada poesia heleno pinhal


crio a narrativa
do que vou fazer
é uma mania
de grande prazer.

e em sobe e desce
no mundo letrado
a mente floresce
num corpo atestado.

com amor no braço
o dia raiou
ternura de aço
já tenho o que sou.

Sem comentários:

Publicar um comentário