quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Altercação de raciocínio – Incompleto Organismo de Heleno Pinhal


Uma mulher inteligente e outra sensual. A primeira, mais perigosa, instiga o meu desejo de fugir, de correr como um gato intimidado e de permanecer oculto a olhar com receio de me aproximar.
A outra, imediata mas insossa a longo prazo, desperta em mim a cobiça do toque de ainda hoje. Um ali à mão da minha mão para percorrer com o encanto da novidade o seu corpo desafectado. Hoje, ainda hoje a poderei ver despida de si mesma, com o ar nato de quem nasceu para amar. Minto, para ser amada.
A lavar as mãos penso nisto e ao imaginar a contrariedade futura do fulgor sumido encontro-me no desencanto de ser humano.
Volto à perigosa, à ameaça do meu coração mal guarnecido, e imagino-me confrontado com o seu olhar de juíza do bom sentir a indagar o meu oportunismo concupiscente.
À rapidez de um tufão olho a minha face ao espelho como se fosse a dela e replico com um rigor intelectual que já me farta.
- Tu não deves ser tão solerte, tão destro nesse teu fluir de espírito. Vais sofrer tanto, aduzindo argumentos a ti próprio para fixar uma qualquer ideologia.
Sabes, sua fêmea enlevada, segui esse teu raciocínio e consegui um argumento próprio de qualquer pessoa que se sinta.
Vazio! Vazio nesta cabeça para limpar a confusão. Sentir que não posso exprimir estes pensamentos, alcançar esta destreza de entendimento, reconhecer um discurso presunçoso.
– Não podes!
– Ai não? – respigou outro actor ainda mais ágil na resposta – Há trezentos anos a força física era um motivo de selecção social.
– Tu não podes ser tão forte, tão poderoso e corpulento. O tabu da força passou para o desembaraço de entendimento?
Mimalhos não escapem à consonância social com estas demências. Pára, pára, estás a enredar-te todo!
O desenvolvimento da inteligência é igual ao das emoções, ao dos músculos propagados para fora dos ossos e ao inevitável alastrar de todas as gerações.
Covilhã, 2004, Novembro 21
Duas bicas no café Santa Maria e o primeiro tema na Chã Belicosa.
Quase pensei, embaciado, que me telefonavas às dez e meia.

Sem comentários:

Publicar um comentário